Poema

Anjo Preto

Na noite escura
Escura como breu
Eu
Escura
Em pura loucura.
 
Mas o anjo
Ah o anjo!
Branco, alvo
Longe.
 
No dia escuro
Eu, branca
O anjo, preto.
 
No pôr do sol
O sol
O sol e eu.

Fotógrafa: Rita Marília


#ritamariliats

**** participou do 10º concurso literário do Sinergia-SC 2019 e foi selecionado para compor a Antologia