Poema

A Tecelã Tradutora

Traduza menina, traduza
Teça igual velha rendeira
Seus bilros são o teclado
Sua renda é brasileira

Traduza menina, traduza
Teça igual velhas rendeiras
Que é pelo seu traduzir
Que se abrem as fronteiras

Traduza menina, traduza
Teça igual velhas rendeiras
Vai cantando na janela
E trançando as bandeiras

Traduza menina, traduza
Teça igual velha rendeira
Seu coração é ilhoa que
Tece com linha estrangeira

Traduza menina, traduza
Reze igual velhas rendeiras
Tendo vento a bombordo
Defenda-se das feiticeiras

Traduza menina, traduza
Teça igual velhas rendeiras…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s